Notícias

Nos momentos de incerteza causados pela pandemia, os cuidados fazem a diferença

FIEMG intensifica série de ações para preservar saúde física e mental dos seus empregados

A saúde é sempre um dos principais pontos citados pelas pessoas quando questionadas sobre quais são as suas necessidades. E em época de pandemia, ela se torna, mais do que nunca, protagonista. Com todas as incertezas que temos no atual cenário, as mudanças de humor, os sentimentos de tristeza, ansiedade e desesperança ainda podem afetar o lado psicológico, a saúde física e a produtividade, causando desequilíbrio na vida pessoal e profissional.

E para cuidar da saúde de seus empregados, a Federação das Indústrias de Minas Gerais (FIEMG) adotou diversas ações para proteger seus quase seis mil trabalhadores que atuam em todo o estado de Minas. Além da flexibilização do modelo de trabalho, onde mais de 80% dos funcionários estão em modelo remoto, ações preventivas para evitar a disseminação do vírus fazem parte da realidade de todas as unidades da FIEMG, SESI e SENAI.

O reforço da higienização dos espaços, disponibilização de álcool em todos os ambientes, testagem das equipes, monitoramento médico dos funcionários que declararem algum sintoma suspeito e uma comunicação constante para reforçar os protocolos de segurança, como uso de máscaras e a manutenção do distanciamento social são exemplos do comprometimento com a segurança dos empregados da Federação.

Fortalecimento do cuidado com as pessoas

A saúde física, emocional e o bem-estar são os pilares que sustentam as políticas de cuidado com os empregados da FIEMG. “O apoio e suporte ao trabalhador está no nosso DNA, uma vez que a nossa história é repleta de ações junto à sociedade, tanto em momentos de comemoração, quanto naqueles que exigem solidariedade. A Federação mantém uma equipe de assistentes sociais que presta apoio e suporte emocional aos empregados e essas ações estão cada dia mais robustas e capilarizadas”, conta o líder da área de Pessoas da entidade, José Antônio Gontijo do Couto.

No decorrer de 2020, o impacto da pandemia sobre os empregados da FIEMG reforçou a necessidade de ampliar e facilitar o acesso a esses atendimentos, especialmente no que diz respeito à saúde mental. “O Programa Cuide-se foi reformulado para atender em formato digital. Por meio de uma plataforma virtual, o empregado pode, de qualquer lugar e horário, conversar com um profissional e manter um atendimento terapêutico on-line. Nessa modalidade, alcançamos diversas dimensões para o bem-estar, como a saúde física e emocional, conversas com especialistas, entre outras”, reforçou Couto.

Em quase um mês de uso da nova plataforma, o atendimento terapêutico cresceu 1.700%. “Antes, seja pela limitação de capacidade de atendimento de nossa equipe ou por características do ambiente sem pandemia, nossa média era aproximada de 10 empregados assistidos com esse benefício por mês”, pontua o superintendente.

Suporte essencial para seguir adiante

A analista de Recursos Humanos da FIEMG, Isadora de Cássia Medeiros, atua na Regional Sul da FIEMG, sediada na cidade de Pouso Alegre. De acordo com ela, a ansiedade, o medo de contrair a doença, as inseguranças pelo momento econômico e as dificuldades de adaptação ao home office são as principais queixas que chegam ao seu departamento, que atende empregados de 10 unidades do SESI e SENAI na região.

“Nós recebemos esses trabalhadores com uma escuta ativa e solidária. Somos procurados para um desabafo, pois muitos sentem essa necessidade. O primeiro passo é esse acolhimento e em seguida passamos as orientações para ajudar enfrentar este momento”, disse.

Segundo a analista, o atendimento terapêutico on-line tem sido uma ferramenta muito importante. “A terapia ainda é um tabu, mas temos quebrado essa resistência. Percebi que as pessoas não faziam por questões financeiras também. A partir deste benefício que a FIEMG oferece, temos vários colaboradores que já estão fazendo o tratamento e nos dando retorno positivo”.

A própria analista de RH é uma das pessoas que estão usando a plataforma virtual. “Eu já fiz terapia presencial e quando disponibilizaram a ferramenta virtual, comecei a usar para testar e orientar os empregados. Já estou na minha terceira sessão e conto para os colegas da entidade que é um processo seguro, de uma empresa especializada que a FIEMG contratou e nos presta esse atendimento com profissionais da psicologia de todo o Brasil. O próprio funcionário escolhe com quem quer realizar a consulta e não paga nada por isso”, explicou Medeiros.

E o suporte terapêutico é um benefício mútuo para a relação empresa-funcionário. “O empregado que é acolhido vai produzir melhor, fica mais satisfeito e seguro. Para a empresa, ela ganha em resultado, pois seus funcionários saudáveis possuem um índice menor de afastamento, o que é relevante também. Empregados satisfeitos vestem a camisa e isso é essencial em uma relação saudável de trabalho”, enfatiza a analista.

“Acreditamos que o cuidado com as pessoas é uma responsabilidade e um compromisso para o desenvolvimento sustentável no mundo e essa é uma das diretrizes da atual gestão da FIEMG. A pandemia está aí mudando a vida de todos, o ambiente de trabalho mudou e o nosso convívio familiar, social, religioso também.  Observo que as empresas que proporcionam esse benefício estão em um movimento solidário e de respeito para com seus colaboradores. Estamos fazendo nossa parte para os trabalhadores, para a indústria e para a sociedade”, finaliza José Antônio Gontijo do Couto.

Abril: o mês da saúde

No mês de abril, muitas datas relacionadas à saúde são comemoradas, como o Dia Mundial da Atividade Física; Dia Mundial da Saúde; Dia Mundial de Luta Contra o Câncer; Dia da Voz e do Dia Mundial de Segurança e Saúde no Trabalho. Foi criado então o movimento Abril Verde, que se tornou uma data importante para aqueles que se preocupam com a segurança do trabalho. O objetivo é trazer o debate da questão da segurança e saúde para toda a sociedade, mobilizando empresas, órgãos de governos, entidades de classe, associações, federações, sociedade civil organizada para prevenir acidentes e assegurar a saúde e qualidade de vida no trabalho.

Por Flávia Carolina Costa

Últimas notícias

  1. Alunos se preparam para o Torneio SESI de Robótica FLL - Regional MG

    Leia

  2. SESI Cultura promove cursos on-line

    Leia

  3. Trabalhador: na fábrica ou em home office, a força que move o país

    Leia

  4. Trabalhador: na fábrica ou em home office, a força que move o país

    Leia

  5. Escola SENAI de Audiovisual é lançada

    Leia

  6. Segurança e saúde no trabalho é assunto sério

    Leia

  7. Governo publica novas medidas para preservar emprego e renda dos brasileiros

    Leia

  8. Você cuida da sua pressão arterial?

    Leia