Notícia

CNI negocia com Caixa Econômica e Contribuição Sindical pode ser paga em fevereiro

Prazo foi adiado para 28/02

Após negociações entre a CNI e a Caixa Econômica Federal, a Contribuição Sindical, para o ciclo de 2019 poderá ser paga, sem multa, até o dia 28 de fevereiro.

Com a determinação dada pela FEBRABAN, de que todos os boletos enviados devem ser registrados nos bancos antes de chegarem aos destinatários, a modificação visa atender a uma demanda alertada por federações e sindicatos, uma vez que caso o vencimento fosse mantido em 31/1, haveria chance das guias chegarem com prazo vencido, não sendo aceito pagamento posterior à data de vencimento sem incidência de multa e juros.

A importância da contribuição

Um sindicato forte representa os interesses do empresariado. A contribuição, além de propiciar mais desenvolvimento, fortalece o associativismo.

Neste sentido, torna-se fundamental o relacionamento dos sindicatos com as empresas. É importante que elas percebam o papel dessas instituições na defesa dos interesses da indústria.

Segundo dados da CNI, em 2018, os sindicatos empresariais, em parceria com a Confederação Nacional da Indústria, elaboraram 42 documentos com propostas da indústria para os candidatos à presidência da República. Algumas dessas proposições – como as relacionadas à desburocratização da previdência e das relações do trabalho, à oferta competitiva do gás natural e ao financiamento à inovação – já passaram a compor o plano de governo do presidente eleito.

Clique aqui e saiba mais sobre a Contribuição Sindical.

Últimas notícias

  1. Indústria pede esforço para redução de juro

    Leia

  2. Portaria altera autorização para trabalho aos domingos

    Leia

  3. Futuros negócios com a Eslováquia

    Leia

  4. Abertas as inscrições para o curso Rotulagem de Cachaça e Aguardente de Cana

    Leia

  5. SINDUSFARQ realiza palestra com especialistas da Anvisa

    Leia

  6. SILEMG premia redações e desenhos sobre leite e seus derivados

    Leia

  7. FIEMG participa da ExporRecicla

    Leia

  8. Construção oscila em 2019

    Leia