Notícia

Setor sucroenergético de Minas Gerais receberá R$ 6 bilhões em investimentos

Plano de expansão foi apresentado durante reunião realizada na FIEMG

A Associação das Indústrias Sucroenergéticas de Minas Gerais (SIAMIG) apresentou, no dia 6/12, para representantes do governo Minas Gerais seu plano de investimento para o estado. Serão R$ 6 bilhões em investimentos na expansão do setor, que poderão utilizados em projetos de exportação de energia e de biogás, irrigação, fertilização e novas tecnologias agrícolas. É esperado que a produtividade tenha um aumento de 46%, gerando mais de 58 mil novos empregos. “Estamos em várias regiões do estado, gerando emprego e renda. Neste ano, devido à seca, o setor moeu 65 milhões de toneladas de cana e a nossa meta é que, em que oito anos, chegue a 95 milhões de toneladas, tornando Minas Gerais o segundo maior estado canavieiro do Brasil”, afirma Mário Campos, presidente da SIAMIG.  

Campos ressaltou a importância do setor público nesta expansão, afirmando que Romeu Zema, governador de Minas Gerais, vem fazendo um bom trabalho de gestão. “Isso vem mudando as expectativas do empresariado e melhorando o ambiente de negócios”, disse.A reunião foi realizada na sede da FIEMG, em Belo Horizonte, e contou com as presenças de Romeu Zema, governador de Minas Gerais, Flávio Roscoe, presidente da Federação mineira, Fernando Passalio, secretário de Desenvolvimento Econômico, Mateus Simões, secretário-geral de Minas, e representantes das usinas associadas à SIAMIG.  "Depois de quase três anos de gestão, podemos apontar avanços expressivos em áreas importantes do Estado, como saúde, educação e infraestrutura", afirmou Zema pontuando que atua para a desburocratização do Estado. "Temos que continuar avançando e o que o governo do estadual puder fazer para não atrapalhar os avanços do setor produtivo, será feito", ressaltou. 

Atualmente o setor sucroenergético de Minas Gerais é o responsável pelo processamento de 70,8 milhões de toneladas de cana e por 167 mil empregos diretos e indiretos. É o detentor de recordes de produções de açúcar (4,706 milhões de toneladas) e etanol (3, 56 bilhões de litros). Também se destaca na exportação de bioeletricidade, com 23 usinas que produzem 3,196 milhões de MWh de energia que atendem 1,18 milhão de pessoas -  6% da população do estado.  

 

Últimas notícias

  1. FIEMG e sindicatos apoiam trabalhadores e empresas de Sabará afetados por chuvas

    Leia

  2. Treinamento orienta sobre eSocial na FIEMG Regional Zona da Mata

    Leia

  3. Empresas da Grande BH reúnem-se com CEMIG para discutir atendimento no período chuvoso

    Leia

  4. FEMUR 2022 é aberta em Ubá e marca a retomada econômica do setor moveleiro

    Leia

  5. FIEMG abre busca da Vale de fornecedores para obras na Bacia do Paraopeba

    Leia

  6. Startups: ideias que transformam a sua vida

    Leia

  7. Parceria FIEMG/BDMG oferece crédito a micro e pequenas empresas afetadas pelas chuvas

    Leia

  8. Sindimalhas-MG arrecada R$ 200 mil e 40 mil máscaras para atingidos pelas chuvas

    Leia